Saiba tudo sobre a hiperidrose!

By on agosto 23, 2016
Saiba tudo sobre hiperidrose

A hiperidrose é um problema muito sério e afeta milhares de pessoas ao redor do mundo. O problema, é caracterizado pela transpiração excessiva no corpo e pode ser o motivo de muito constrangimento e diversos outros problemas pessoais e sociais. Sendo assim, é fundamental procurar uma solução eficiente para tratar esse problema o quanto antes.

Mas, você sabe tudo sobre hiperidrose? Sabe o que é, as causas e os melhores tratamentos para resolver esse problema? Nós podemos te ajudar com isso! Afinal, ninguém pode deixar de fazer o que sente vontade ou o que gosta, devido a um problema tão inoportuno como esses.  Mas, vamos lá. Você sabe o que é hiperidrose?

O que é hiperidrose?

A hiperidrose, como já falamos no primeiro parágrafo, nada mais é que a transpiração excessiva do nosso corpo. Esse problema geralmente costuma afetar as mãos, pés, rosto e axilas, entretanto, também pode afetar outros locais. Mas, ao contrário do que se pensa, a hiperidrose pode acontecer de duas formas distintas.

  • Hiperidrose primária: Na hiperidrose primária, estímulos naturais e emocionais desencadeiam a transpiração excessiva, mesmo que você não se dê conta ou não tenha motivado voluntariamente tais estímulos.
  • Hiperidrose secundária: Pode ser causada por uma condição médica subjacente, tais como infecções, lesão da medula espinal, desordens endócrinas, doenças malignas, entre outras condições. O tratamento irá, obviamente, focar o tratamento da condição subjacente.

Diagnóstico

Diagnosticar a hiperidrose é muito fácil e não possui qualquer mistério. O mais indicado é que você procure um dermatologista de sua confiança para realizar a consulta e fazer os devidos exames. Mas, basicamente o profissional irá realizar o processo de diagnóstico através de um exame físico, onde ele irá analisar quais as verdadeiras causas do problema, que em 35% dos casos, possui origem hereditária.

Para excluir condições graves que podem provocar a transpiração, tais como hipertireoidismo, diabetes, desordem hormonal, dentre outros, testes de sangue poderão ser realizados. Além disso, existem outros exames que poderão ser realizados e solicitados durante a consulta com seu dermatologista. Aproveite a situação para tirar todas as suas dúvidas sobre a hiperidrose e transpiração excessiva.

Os tratamentos

Muitos tipos de tratamento estão disponíveis para hiperidrose e cabe a você escolher qual se adapta melhor a sua necessidade. Mas, geralmente, os tratamentos para combater o problema menos invasivos são os melhores.

Se você procura pela famosa cirurgia para acabar com o problema, saiba que o tratamento cirúrgico geralmente é reservado para os pacientes com estágio avançado da patologia, ou que já tentaram todos os métodos disponíveis e não encontraram uma solução satisfatória. Segue alguns dos tratamentos disponíveis para quem quer tratar o problema o quanto antes!

Antitranspirante SUVO

O Antitranspirante SUVO é um produto dedicado a pessoas que sofrem com transpiração excessiva. Na maioria dos casos, apenas o uso do antitranspirante já resolve o problema. Entretanto, saiba que esse não é um desodorante tradicional. Ele foi formulado justamente para quem sofre com problemas de hiperidrose, pois, atua diretamente nas glândulas sudoríparas, ocasionando o bloqueio funcional dessas células.

Medicamentos

Para hiperidrose leve e moderada, o médico poderá recomendar de alguns medicamentos simples, combinados ao uso de um bom antitranspirante. Geralmente, o uso desses remédios apresentam excelentes resultados em médio prazo, o que descarta completamente a necessidade de realizar o procedimento cirúrgico para acabar com o problema.

Botox ou injeções de toxina botulínica!

Este é um dos métodos mais conhecidos que existem para quem quer lidar com a hiperidrose e transpiração excessiva. Esse método consiste na capacidade bloquear temporariamente os nervos que desencadeiam suas glândulas sudoríparas. As injeções de até 20 pequenas doses de botox são realizadas em uma ou mais sessões. Os locais de aplicação são determinados por meio do resultado do diagnóstico do suor. Para reduzir a dor causada pelas injeções, técnicas anestésicas e cremes tópicos podem ser utilizados.

Cirurgia

A cirurgia é considerada uma das últimas opções para quem sofre com hiperidrose. Ela geralmente só pode ser utilizada se você apresenta uma situação muito grave ou se todos os outros métodos não conseguiram apresentar os resultados esperados. Sendo assim, pense bem antes de optar por um procedimento cirúrgico.

Se gostou dessas dicas, acompanhe nosso blog e nossos outros conteúdos sobre hiperidrose e transpiração excessiva.

About Magazine10

Somos uma empresa focada na venda de produtos cosméticos e utilidades para o lar. Por meio desse blog, trazemos as melhores dicas que possuem referencia com nossos produtos e saúde de nossos consumidores!

You must be logged in to post a comment Login